Quais habilidades um analista de dados precisa ter?

O mercado de grandes dados está crescendo rapidamente. Os analistas de dados precisam de competências especiais na sua área e as suas qualificações são altamente centradas na tecnologia. A revolução digital passou a dominar os negócios modernos e parece agora mais importante do que nunca contratar analistas de dados qualificados.

Os analistas de dados podem aprofundar os dados e encontrar padrões, tendências e outras informações relevantes. A análise de dados é uma combinação de competências básicas e sociais. Dessa forma, o que um analista de dados precisa ter?

Analista de dados

Aptidão de programação

Os analistas de dados precisam escrever programas de computador que gerem relatórios a partir de dados armazenados. A aprendizagem destas linguagens pode fazer de você um analista de dados especializado mais rapidamente. Estas capacidades podem ser utilizadas, além disso, para desenvolver as análises estatísticas necessárias para apoiar o seu trabalho.

Habilidades matemáticas

Há uma grande quantidade de análises estatísticas envolvidas na análise de dados. As competências estatísticas são o núcleo desta profissão e, dessa forma, é preciso ter competências matemáticas suficientes para as compreender. Deve ser bom em funções aritméticas, cálculo, teoria da probabilidade e álgebra linear. Se já tem bons antecedentes no estudo destas matérias, poderá, portanto, ter vantagem sobre outros candidatos.

Habilidades com informática

É necessário compreender vários tipos de computadores que as empresas utilizam para lidar com os seus dados. Também precisa saber como as aplicações de software são desenvolvidas e os princípios por detrás dos diferentes sistemas de processamento utilizados nas grandes análises de dados.

Aptidões empresariais

Os analistas de dados estão trabalhando de perto com os empresários, ao passo que devem ter capacidade de comunicação e uma compreensão dos objetivos da organização. Precisarão também saber como apresentar as suas conclusões de uma forma que seja fácil de entender para as pessoas que não são da área. Isto significa, portanto, ser um bom contador de histórias e ter um sentido de tino comercial.


Habilidade interpessoal

Os analistas de dados interagem com muitas pessoas no seu trabalho. Dessa forma, competências interpessoais são essenciais. Isto inclui a capacidade de lidar com todos, desde colegas e gestores a clientes e vendedores, construindo uma relação e confiança com eles. É importante ter um elevado grau de inteligência emocional.

Leia também:  Opções de carreira dentro do Marketing Digital

Criatividade

Um bom analista de dados deve ter a capacidade de pensar fora da caixa. Eles são necessários para propor novas formas de processamento de dados comerciais, por isso precisam encontrar soluções criativas quando surgem problemas e estão dispostos a assumir riscos para alcançar o sucesso. Ser um analista de dados bem-sucedido tem tudo a ver com a forma como se pensa. Dessa forma, é preciso ser criativo ao investigar, explorar e analisar dados.

Aptidão para comunicação

Os analistas de dados têm que comunicar as suas descobertas de forma clara, ao passo que é vital a capacidade de comunicação escrita e oral. Têm que saber como comunicar dados de forma eficaz, bem como apresentar verbalmente as suas conclusões. Como as decisões empresariais são tomadas com base nos dados que fornecem, devem também ser capazes de explicar as suas conclusões para que pessoas diferentes possam compreender.

Habilidade de resolução de problemas

Na análise de dados, é preciso resolver problemas quando as coisas correm mal ou quando precisam de algum ajuste. Terá também que criar novos sistemas e encontrar melhores formas de fazer as coisas para que a organização para a qual trabalha se mantenha eficiente. Isto significa pensar sobre o que pode correr mal no futuro e como se prevenir e diagnosticar rapidamente os problemas quando eles ocorrem.

Habilidades de pesquisa

Tem que ser um bom pesquisador para encontrar a informação de que necessita para os seus projetos. Isto significa identificar onde encontrar os dados, determinar que fontes são confiáveis e pesquisar através delas para encontrar o que precisa. Poderá também ter de utilizar fontes secundárias de dados, tais como relatórios da indústria ou mesmo meios de comunicação social, como forma de encontrar informação sobre os concorrentes da sua empresa.

Leia também:  PHP e Node.js: Principais diferenças entre as plataformas de desenvolvimento

Conclusão

Vimos então que os melhores analistas de dados possuem muitas competências e características e não apenas uma. Utilizam as suas capacidades de pensamento crítico para encontrar soluções para problemas, a sua criatividade e mente aberta para descobrir novas possibilidades e relações dentro dos dados e a sua sagacidade empresarial para identificar informações importantes que podem ajudar a melhorar a empresa.

Artigos recentes

Histórias relacionadas