Fintech: Saiba o que é e sua importância

Originalmente, tecnologia financeira, ou fintech, referia-se à tecnologia back-end utilizada para operar instituições de serviços financeiros tradicionais. No entanto hoje em dia, o termo serve também para incorporar inovações tecnológicas no setor financeiro, tais como blockchains, criptomoedas, consultoria robótica e até crowdfunding. Em termos simples, a fintech melhora as atividades financeiras através da aplicação da tecnologia.

A própria tecnologia permite às instituições financeiras prestar serviços de forma nova e de ponta. Por exemplo, considere a conveniência e eficiência oferecida pelo banco online versus a visita à sua agência bancária local, ou o investimento automatizado versus o comércio manual de ações.

Serviços digitais

Na era digital de hoje, os serviços tradicionais antes prestados pelas instituições financeiras já não satisfazem as necessidades dos consumidores atuais. Eles preferem realizar transações bancárias com um simples clique de mouse ou com um deslize no seu smartphone. À medida que os consumidores se habituam à experiência digital proporcionada por líderes tecnológicos como Google, Amazon, Facebook e Apple, esperam, portanto, o mesmo nível de experiência do cliente integrado digitalmente dos seus fornecedores de serviços financeiros. A Fintech está aproveitando essa onda com serviços que podem satisfazer melhor as necessidades dos consumidores, proporcionando assim maior acessibilidade, conveniência e soluções personalizadas.

A compra da Plaid pela Visa em fevereiro de 2020 por 5,3 mil milhões de dólares, marcou uma das maiores fusões de bancos fintech de todos os tempos. A Plaid é uma startup de fintech que permite aos utilizadores ligar as suas contas bancárias a aplicações de terceiros como a Venmo. O que lhes permite então, partilhar facilmente os seus dados financeiros. Esta aquisição é apenas um exemplo do investimento significativo e do interesse na indústria fintech.

Leia também:  Entenda escopos no Javascript

De acordo com o Relatório Global FinTech de 2019, a indústria fintech angariou 24,6 mil milhões de dólares em 2019. O financiamento foi superior a 8,9 mil milhões de dólares só no terceiro trimestre. Globalmente, existem 58 empresas de capital de risco apoiadas por fintech em startups verticais, tais como seguros, empréstimos ao consumidor, financiamento pessoal e mais, avaliados coletivamente em 213,5 bolhões de dólares.

Porque a fintech é importante?

Mesmo que você não esteja muito familiarizado com a fintech, é provável que já esteja se beneficiando com ela. Tudo, desde a sua capacidade de estar online e visualizar as suas transações financeiras até aplicativos que lhe permitem enviar e receber dinheiro instantaneamente, faz tudo parte da evolução dos serviços financeiros.

A Fintech também tem movimentado a indústria do comércio eletrônico, tornando as compras online um processo mais rápido e seguro. O que permite então até comprar com carteiras digitais. Cada vez que alguém utiliza o seu cartão de crédito para fazer compras online, está usufruindo das vantagens da fintech. Graças ao desenvolvimento de novos produtos de tecnologia financeira como Apple Pay e Google Wallet, quase todas as transações financeiras podem ocorrer sem ter que utilizar um cartão físico.

Nesse sentido, a Fintech permite gerir todas as suas contas financeiras – bancos, investimentos, seguros – inteiramente online. Dessa forma, enquanto estas contas precisavam ser geridas pessoalmente ou através de um representante, podem agora ser facilmente autogeridas online.

Artigos recentes

Histórias relacionadas