A jornada de um programador júnior para um programador nível sênior

Um programador de nível sênior é muito procurado. Este profissional é procurado pela sua capacidade de auto-gestão, priorização de tarefas e orientação a um programador júnior. Dessa forma, os empregadores competem tipicamente pelas suas habilidades com incentivos atrativos.

Então, como se faz a transição de um papel de programador júnior para um papel de programador nível sênior? É importante planejar a sua jornada com enfoque no crescimento e na aprendizagem. Lembre-se, este é um marco importante na sua carreira que levará tempo e competências para alcançar.

Seja realista quanto ao tempo e esforço necessários para se tornar um programador nível sênior. A jornada vai ser um desafio, contudo, a recompensa valerá bem a pena. Dessa forma, fornecemos abaixo um guia passo-a-passo para o ajudar a fazer esta transição.

Defina o seu objetivo

Imagine a extensão mais distante do que pensa poder realizar, e depois estabeleça o seu objetivo um pouco mais longe. Não faz mal se não for o seu objetivo se tornar diretor de web design ou engenheiro chefe de software. Só precisa ser uma parte grande o suficiente de sua vida para justificar a jornada à frente. Se o objetivo não for significativo para você, então não servirá como motivação útil. Especialmente quando tiver que enfrentar grandes desafios.

Para se tornar um desenvolvedor nível sênior tenha paciência

Como qualquer jornada profissional, tornar-se um desenvolvedor nível sênior é um processo incremental. No início, vai começar pequeno, contudo, cada habilidade que domina é mais um passo em direção ao seu objetivo final. Naturalmente, alguns passos serão mais difíceis do que outros. Às vezes, os obstáculos envolvidos podem até parecer intransponíveis. No entanto, não tenha medo – desde que tenha em mente o seu objetivo, fará progressos.

Leia também:  Low code e No code substituirão a codificação tradicional? Saiba mais!

Pense no que já viveu

Por mais importante que seja olhar para a frente durante a sua jornada, é igualmente importante que se leve tempo olhando para trás, quando se começou a aprender a codificar. Por si só, os passos incrementais que está dando podem parecer insignificantes, contudo, somam-se a algo maior. Um dia poderá resolver um desafio de codificação. No dia seguinte, poderá desvendar o segredo de um difícil conceito de web design com o qual já tinha se debatido anteriormente. Dessa forma, antes que perceba, estará mais longe do início da sua jornada do que está do fim.

Tire tempo para se lembrar onde esteve há um dia, uma semana, ou um mês. Lembra de quando demorou semanas para aprender Python? Lembra que foi uma provação criar a sua primeira base de dados MySQL ou MongoDB? Quão simples lhe parece agora? O esforço continuado leva a resultados. Contudo, para os apreciar, é preciso olhar para trás em algumas ocasiões.

Desafie-se a experimentar algo novo

Assumir novos desafios pode ser esmagador no início, mas não precisa ser sempre assim. Se abordar a tarefa de aprender de forma incremental, primeiro explorando, depois desafiando a si próprio, vai fazer progressos mais rápidos do que alguma vez pensou ser possível. Dessa forma, à medida que avança na sua jornada, não se esqueça de continuar a se desafiar e a aumentar o grau de dificuldade a cada vez.

Avalie suas habilidades

Chegará um ponto em que você estará codificando durante alguns meses, ou talvez mesmo alguns anos. Durante esse tempo, tome um momento para considerar até onde chegou. Olhe para os seus projetos até à data e felicite-se – você fez isso! Pense em quão difícil teria considerado tais projetos quando os iniciou. Se tudo lhe parecer bem, e estiver ansioso por experimentar novamente essa sensação, então vem o passo mais importante de todos: pensar como um programador nível sênior.

Leia também:  Entenda escopos no Javascript

Pense como um programador nível sênior

Se quiser ir de um programador júnior para um programador nível sênior, então vai precisar dominar conceitos fundamentais. Volte a quando começou a aprender a codificar e pense em todos os pequenos detalhes que não faziam muito sentido no início. Este é o momento de mergulhar nesses detalhes e começar a sua busca.

Tornar-se um programador nível sênior é uma jornada maravilhosa, e parte da alegria é motivar outros na sua busca. É por isso que os melhores programadores níveis sêniores podem liderar pelo exemplo e estabelecer um padrão a ser seguido por outros. E em breve, poderá estar fazendo o mesmo.  

Em viagens longas, a motivação faz toda a diferença. Ao estabelecer e manter o seu objetivo, terá sempre uma reserva de motivação a que recorrer, por mais difícil que a jornada possa se tornar às vezes. E essa é a chave para se tornar um programador nível sênior.

Artigos recentes

Histórias relacionadas